↑ Voltar para Artigos

* Levantamento e transporte de cargas

O levantamento e o transporte de cargas

É muito comum em nossas atividades de vida diária e até mesmo no trabalho lidarmos com o transporte e o manuseio de cargas. Considerando que esta atividade envolve diversos componentes corporais ao mesmo tempo, fica evidente que deveremos ter o máximo cuidado ao lidar com cargas, a fim de evitar uma gama de patologias musculoesqueléticas.

Vários são os estudiosos e institutos que se dedicam ao cálculo ideal de carga, considerando fatores entre idade, sexo e etc. Um exemplo seria a FUNDACENTRO, única entidade governamental do Brasil que atua em pesquisa científica e tecnológica relacionada à segurança e saúde dos trabalhadores, a qual elaborou a seguinte tabela com recomendações para o levantamento de carga por trabalhadores da construção civil:

IDADE

HOMENS

MULHERES

18 a 35 anos

40 Kg

20 Kg

16 a 18 anos

16 Kg (ou 40% do peso indicado para adultos)

8 Kg (50% do valor indicado para o homem)

menos de 16 anos

proibido o levantamento de carga

proibido o levantamento de carga

Devemos lembrar também que outros fatores devem ser levados em consideração no transporte e manuseio de carga, além de ressaltar que não apenas os trabalhadores da construção civil lidam com essa situação.

Desta forma temos outros fatores a serem considerados:

≫ O posicionamento das articulações no inicio e durante o levantamento;

≫ A velocidade de execução do movimento;

≫ A altura em que a carga se encontra no inicio do levantamento;

≫ O tamanho e a forma da carga;

≫ A presença ou não de puxadores e os seus vários tipos;

≫ O uso de acessórios como o cinto de suporte lombar e;

≫ A pressão intra-abdominal.

De uma forma global, os fatores que devem ser levados em consideração para um transporte e manuseio de carga de uma forma segura para o trabalhador são: características dos containers dos materiais; características da tarefa e do posto de trabalho; e características da pratica de trabalho.

Características do trabalhador: neste ponto, devemos levar em consideração a característica pessoal do trabalhador que vai manusear a carga, analisando suas atribuições físicas (idade, sexo e etc.), sensitiva, motora, personalidade e etc.

Características dos containers dos materiais transportados: aqui, analisamos os atributos da carga propriamente dita, tais como dimensões, peso, pega, distribuição, estabilidade e etc.

Característica da tarefa e do posto de trabalho: como o próprio nome já diz, fatores como ambiente de trabalho, complexidade da tarefa, freqüência, duração, ritmo e etc. devem ser estudados.

Devemos sempre lembrar que muitas lesões em nível de coluna vertebral são ocasionadas devido ao mau manuseio de cargas.

Certamente você já ouviu falar que a maneira correta de levantar um peso seria de agachar e levantar com a coluna reta. O problema desta técnica é que, devido a maior quantidade de peso corporal levantada verticalmente, o gasto energético é elevado, levando a uma rápida fadiga e consequentemente ao mau uso da técnica devido a impossibilidade de executá-la da forma correta (fadiga). Um outro problema está relacionado a sobrecarga mecânica imposta aos joelhos, a qual pode levar a alterações degenerativas nesta articulação.

Cuidados durante o levantamento de carga: 

Respiração: a respiração deve ser do tipo abdominal durante o transporte de carga, pois a contração da musculatura abdominal ajuda a proteger e a estabilizar a coluna vertebral devido ao aumento da pressão intra-abdominal, o que leva a diminuição das forças de cisalhamento. O principal cuidado com essa manobra é que a expiração deve ser sempre realizada durante o levantamento da carga, evitando assim a manobra de Vasalva, a qual pode levar ao aumento da pressão intratorácica, diminuição do retorno venoso ao coração e aumento da pressão arterial.

Peso máximo recomendado: varia de pessoa para pessoa, sendo que as mulheres possuem a metade da capacidade do homem de levantar peso. Essa capacidade de levantar carga esta relacionada com a sua localização em relação ao corpo e outras características como formas, dimensões e facilidade de manuseio. O National Institute for Occupational Safety and Healyh (NIOSH) estabeleceu uma equação capaz de calcular o peso máximo recomendado para diversas atividades. No Brasil, as Normas Regulamentadoras 11 (transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais) e 18 (condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção) estabelecem algumas regras sobre este assunto.

 Levantamento com agachamento: Quando for inevitável, o levantamento manual de carga deve ser realizado com a coluna em posição vertical e usando a musculatura das pernas.  Sempre que possível, dispositivos auxiliares como bancadas, carrinhos, plataformas e etc. deverão ser utilizados.

 Distância da carga em relação ao corpo: A capacidade de carga diminui sempre em que afastamos um peso do corpo ou com o aumento da altura a ser colocado. Ao contrario, ao afastarmos o peso do corpo as forças de compressão no disco vertebral (L5/S1) aumenta.

Levantamento simétrico: Deve-se sempre utilizar as duas mãos durante o transporte de carga, pois gera estabilidade e co-contração muscular, diminuindo as forças de compressão na coluna.

Rotação e inclinação do tronco: Devem ser evitadas durante o levantamento e manuseio de cargas, pois podem ocasionar estiramentos musculares e lesões nos discos intervertebrais.

Localização vertical do objeto: Quando o objeto a ser carregado está posicionado acima da altura dos ombros, o trabalhador acaba realizando uma hiperlordose cervical e lombar. Quando tiver que realizar atividades com os braços elevados procure fazer as atividades com os braços na altura dos ombros ou no Maximo ate a altura da cabeça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>